sexta-feira, 25 de maio de 2012

TERRÁRIO, O MNI JARDIM QUE TODOS PODEM TER

Terrario2





Olá amantes da beleza das plantas, um terrário é um mini jardim que todos, podem ter e aprender a fazer em pouco tempo e com um mínimo de investimento e com resultados surpreendentes, então vamos ver como se faz:

MATERIAL

  • 1 vidro de boca larga
  • 1 xícara de pedrinhas para aquário
  • 1 xícara de carvão vegetal
  • 3 a 4 xícaras de terra adubada organicamente
  • 2 ou 3 mudas de plantas diferentes
  • Pá e rastelo
  • Plástico grosso maior que o tamanho da boca do vidro
  • Elástico
  • 1 xícara de água filtrada


ROTEIRO:

1. Monte as camadas: 
Essas três camadas representam de maneira simplificada as condições ideais do solo. A de terra serve para nutrir o vegetal e as de pedregulho e de carvão têm a função de drenar a água. Abra buracos na última camada e plante as mudas. 2. Regue e tampe: Molhe cuidadosamente a terra, cubra o vidro com o plástico e vede bem com o elástico. O terrário tem de receber luz, porém não deve ficar exposto diretamente ao sol. 3. Acompanhe o fenômeno: Uma vez lacrado, instala-se o ciclo: a água penetra na planta pela raiz e é liberada por meio das folhas pela evaporação. Esse ambiente não dá conta de absorver o vapor que fica nas paredes e no teto do vidro. Quando a umidade chega ao ponto de saturação, ocorre uma espécie de chuva que devolve a água ao solo. 4. Versão reciclada: O terrário também pode ser feito em outros tipos de vidro, como os aquários ou os reutilizáveis. Uma outra opção é usar garrafas PET. Pegue duas de água, porque são transparentes, corte uma em cerca de 3/4 de seu corpo e a outra, em 1/4. Utilize a maior para fazer a montagem. Tampe com a menor de modo que ela fique por dentro da que serve como base. Vede com fita crepe.


Num TERRÁRIO  reproduz-se a atmosfera quente e úmida das florestas tropicais, proporcionando às plantas condições ambientais favoráveis ao seu desenvolvimento e se tornem auto-suficientes, uma vez que a água e os nutrientes são constantemente reciclados. A água através da transpiração das folhas e da evaporação se condensa sobre as paredes de vidro, de onde escorrem de volta para a terra sendo novamente absorvidas pelas plantas. As regas são pouco freqüentes, uma vez que o TERRÁRIO permanece fechado a maior parte do tempo, não sendo necessário mão-de-obra para sua manutenção e conservação, e que irá fazer parte da decoração de sua residência por vários anos. 

COMO CUIDAR: Ao adquirir seu terrário coloque-o em local iluminado, porém Sem incidência direta de sol, pois as plantas podem murchar. Para limpá-lo Utilize um chumaço de algodão enrolado na ponta de uma varinha. Só coloque Água novamente se observar que não está ocorrendo evaporação com Condensação de gotas na parede do terrário. As plantas que vão bem num terrário podem ser: pequenas samambaias, heras, musgos, avencas. Preste atenção para não quebrar as raízes na hora de plantá-las.



Especies recomendadas son:
 Asparagus densiflorus ... ( Esparraguera africana )


Adiantum capillus-veneris ... ( Culantrillo )
Begonia rex
 Callisia repens ... ( Callisia, Calisia ) 

SEDUM MORGANIANUM

 Chamaedorea elegans ..
Codiaeum variegatum ... ( Croton, Crotos, Croto )

 Asplenium nidus ... ( Helecho nido de ave)
         

Ficus pumila = Ficus repens ..
Fittonia verschaffeltii ... ( Fitonia )
 Hedera helix ... ( Hiedra rastrera )
 Hypoestes sanguinolenta
Nertera granadensis (Nertera, Planta de las canicas)
Pellaea rotundifolia ... ( Helecho botón )
Peperomia caperata ... ( Peperomia, Cola de rata ) 
Outro tipo de peperônia
Pilea cadierei ... ( Pilea, Madreperla )
                                                Plectranthus australis ... ( Planta del dinero )
Helecho temblón, Helecho Orlado, Peteris, Epteride, Pteris cretica
 Pteris cretica ... (Helecho temblón, Helecho orlado) 
Saintpaulia ionantha ... ( Violeta africana )
 Sansevieria trifasciata 'Laurentii'
Saxifraga stolonifera 
Saxifraga stolonifera 
             Selaginella spp. ... ( Selaginela, Doradilla )
Soleirolia soleirolii = Helxine soleirolii ... ( Soleirolia, Madre de mil, Lágrimas de ángel )
Syngonium podophyllum ... ( Singonio )
 Tradescantia fluminensis ... ( Amor de hombre )
Tradescantia zebrina = Zebrina pendula ... ( Zebrina péndula, Pamplinas, Panameña ) 
 )..

 Cactus (varias especies para terrarios secos)

 
Orquídeas

 
Plantas carnívoras



Plantas suculentas
  
Viram como é fácil e como realmente, qualquer pessoa pode ter porque não precisa de grandes espaços nem grandes investimentos financeiros, só boa vontade e amor pelo nosso planeta a ponto de querer trazer uma pequena amostra de sistema eco-sustentável para dentro de nossas casas. 


A partir de amanhã vou começar a fazer o meu, quando estiver prontinho colocarei a foto dele no blog. Convido-os a fazerem os seus e me mandarem suas fotos que as publicarei também.
  
https://www.google.com.br (google images)
http://fichas.infojardin.com/listas-plantas/plantas-interior-terrarios.htm






terça-feira, 22 de maio de 2012

GRANDE EXPOSIÇÃO DE PRIMAVERA EM CHELSEA


Chelsea Flower Show Logo3 150x150 Chelsea Flower Show 2012
http://blog.localnomad.com/pt/2012/04/24/chelsea-flower-show-2012/


A visita da rainha fez parte da comemoração de seus 60 anos de reinado
http://noticias.uol.com.br/album/album-do-dia/2012/05/21/imagens-do-dia---21-de-maio-de-2012.htm
flower show house 300x235 Chelsea Flower Show 2012
Flower show house
http://bouboubisou.blogspot.com.br/2010/08/chelsea-flower-show-london.html

http://veja.abril.com.br/multimidia/galeria-fotos/imagens-do-dia-21-de-maio-2012






Este é o evento anual, a ser realizado de 20 a 25 de maio deste ano no Royal Hospital Chelsea, em Londres. Mais de 600 expositores vão apresentar inúmeras variedades de flores e tendências florais do momento. Sucesso garantido!No centro do Royal Hospital Chelsea, que tem uma área de 45.000 m², se encontra o Salão Principal. Lá, os amantes das plantas podem admirar a melhor colecção do mundo de plantas e flores. Além disso, no final de maio, você vai ver uma exposição composta por 14 jardins muito diferentes que serão uma das atrações principais do Chelsea Flower Show. Também fazem parte do espaço do Royal Hospital Chelsea, os seguintes 4 atrativos e surpreendentes jardins.
World Vision Garden
CFS WorldVision1 Chelsea Flower Show 2012Em pleno coração do parque, se destaca a incorporação de uma espécie de dominó que vai formando círculos desde o centro da piscina até a orla. Este é o trabalho da Organización World Vision com o qual se pretende representar o apoio às crianças e famílias. As árvores que rodeiam a piscina simbolizam o objetivo da organização: o abrigo e a proteção às crianças mais vulneráveis do mundo.
 Naturally Dry
 Naturally Dry, um jardim seco, é inspirado por William Wordsworth e demonstra como é possível manter um impressionante jardim em tempos de seca ou de poucas chuvas. Aqui, os visitantes podem encontrar idéias acessíveis e econômicas para se fazer em casa.
 Glamour Lands: “a tecno-locura”
Glamourlands A Techno Folly Chelsea Flower Show 2012Glamour Lands são as terras mais glamurosas do evento. Um jardim inspirado no cómic, que parece ter saído de um jogo digital. Este lugar incomum representa a nova era dos computadores, como se pode ver com sua mistura entre uma superfície de pixels e uma grande variedade de plantas reais. Você estará diante de um jardim muito surpreendente!
Pepa’s Story
O Chelsea Flower Show apoia muitos arquitetos nacionais e estrangeiros especialistas em paisagem de jardins. A história de Pepa, criada na região eslovena de Karts, 100 anos atrás, representa o momento em que as crianças trabalhavam como pastoras. Aqui os visitantes encontrarão uma velha cabana de pedras onde estas crianças passavam seu tempo livre, além das plantas típicas da região de Karts.
 Tudo isso e muito mais pode ser encontrado no famoso Chelsea Flower Show de Londres. Há um total de 157.000 ingressos disponíveis, mas devem ser adquiridos com antecedência na página oficial del Chelsea Flower Show, já que se esgotam rapidamente.
Um pouco de História
É a exposição mais famosa do seu género no Reino Unido e talvez a mais importante do mundo[1]. É também um dos eventos sociais de grande relevo do Verão londrino.

A primeira Grande Exposição da Primavera da Royal Horticultural Society (Royal Horticultural Society Great Spring Show") ocorreu em 1862, no jardim da RHS em Kensington. A RHS já realizava Exposições de Flores desde 1833 no seu jardim de Chiswick, e mesmo antes disso já organizava festivais de flores e horticultura.[1] A mudança para Kensington Garden foi provocada pela quebra de visitantes em Chiswick, devido a dificuldades de acesso em transportes públicos.[1] 

A Exposição manteve-se em Kensigton Gardens durante vinte e seis anos, passado o que a RHS decidiu trazê-la para o coração de Londres. O local escolhido foi Temple Gardens, situado entre o Embankment e Fleet Street, jardins de que existem referências históricas datadas de 1307 e que se diz serem da época dos Cavaleiros Templários. As rosas originárias de Temple Gardens eram famosas e são mencionadas na peça teatral de Shakespeare, Henry VI, Part 1[1]

Utilizando dois pavilhões requisitados às velhas instalações de Kensigton, a exposição de 1888 foi um enorme sucesso, com apresentações tanto de amadores como de firmas comerciais. Em 1897 já foram utilizados cinco pavilhões onde eram apresentadas plantas e sementes dos principais fornecedores, incluindo a Suttons and Sons, atraídos pelo sucesso dos anos anteriores.[1]

Categorias

  • Flora para apresentações de jardins e florais
  • Hogg para apresentações de árvores
  • Knightian para apresentações de vegetais, incluindo ervas aromáticas
  • Lindley para apresentações de especial interesse educativo ou científico
  • Grenfell para apresentações de pinturas, fotografias, arranjos florais ou de floristas.

Os prémios atribuídos na Exposição são organizados em quatro níveis: ouro, prata-dourada, prata e bronze em cada uma das diversas categorias em concurso. A cada nível, excepto ao bronze, corresponde uma medalha que é entregue ao concorrente premiado.



Agora, um pouco do Chelsea Physic Garden:

Visão da praça central

O jardim farmacêutical

Canteiros compostos

Uma jóia preciosa em pleno coração de Londres! Aqueles que já foram meus alunos em cursos sobre as famílias botânicas, podem imaginar a minha alegria. Este jardim é o sonho mais elevado daqueles que amam e estudam as plantas! O próprio Linnaeus ( Carl Von Linné ), pai da classificação botânica binomial, esteve lá várias vezes nos idos 1730.
E o jardim continua cumprindo o seu papel até hoje, por meio de parcerias com outros jardins botânicos e/ou universidades.
 Mas é no nome que o jardim guarda seu maior mistério – o termo Physic, palavra comumente usada em inglês para descrever aqueles que têm dons mediúnicos ou metafísicos. Antigamente, na época em que o jardim foi fundado, era justamente o contrário: a palavra physic significava pertencente a coisas naturais, distintas das metafísicas*. Hoje, no Novo Dicionário Oxford, o termo physic refere-se também a “arte de curar“*.  Mistério a parte, o que importa é que, ontem ou hoje, o Chelsea Physic Garden continua sendo o jardim dos curadores. 
Fontes:
ChelseaPhysicGarden– a Brief History

Para completar, vejam estes vídeos do jardim e da exposição:





quinta-feira, 17 de maio de 2012

PRIMEIRO ANIVERSÁRIO DO BLOG





Amanhã, 18 de maio este blog estará celebrando seu primeiro aniversário. Como o tempo passa rápido. E como temos coisas para comemorar. Temos 186 postagens publicadas, durante este ano tivemos 76.684 pessoas nos visitando e no mês passado as visitas atingiram o total de 20.686.

Atualmente temos uma média de quase 700 visitantes por dia. Nosso público visitante cobre quase toda a América do Sul e do Norte, sendo os mais assíduos os brasileiros, em Primeiro lugar, os EUA em Segundo lugar e Portugal ficou em Terceiro lugar. Em seguida vem o Canadá, a Argentina, a Alemanha, a Austrália, a Polônia, o Chile e a Croácia. A todos os leitores os meus mais sinceros agradecimentos.



Ao grupo de leitores que ficou em Primeiro lugar, a nossa anfitriã, a rainha das fadas está entregando este mimo, a foto de uma orquídea natural da flora brasileira, Cattleya labiata

 


Por fim, os representantes em Terceiro lugar ficou com estes copos de leite vermelhos, flor rara e muito preciosa.

Todos os leitores são merecedores dos melhores agradecimentos e acreditem, fico tão feliz quanto vocês quando estou passeando por estas caprichosas alamedas virtuais já que onde moro, infelizmente não possuímos o privilégio de nos deliciarmos com estas maravilhas ao vivo e a cores.


Agora, se deliciem, (virtualmente, infelizmente) com esta deliciosa mesa de doces que preparei para todos vocês.