quinta-feira, 29 de novembro de 2012

PARA OS SUCULENTÓLATRAS


https://www.facebook.com/LivingHomegrown

Para todos nós que degustamos suculentas totalmente em êxtase, uma nova maneira de dispô-las aproveitando uma fonte em desuso. Assim, elas ficarão em maior evidência! Que tal?

sábado, 24 de novembro de 2012

AS CENTÁUREAS

Joaninha nas centáureas
http://www.floreswiki.com/imagens-joaninha-nas-centaureas-jpg
Paisagem com centáureas
http://www.floreswiki.com/Imagens/paisagem-com-centaureas.jpg

http://doimeacabeca.blogs.sapo.pt/255615.html

http://morefamilyandflowers-darla.blogspot.com.br/2011_05_01_archive.html
http://www.paghat.com/centaurea.html


http://obotanicoaprendiznaterradosespantos.blogspot.com.br/2010/11
/fidalguinhos-centaurea-cyanus.html

Centáurea é nativa essencialmente do Velho mundo. São conhecidas de forma geral por Centáureas e algumas das espécies são utilizadas como ornamentais em jardins. Essas flores, muito cultivadas para fins ornamentais, presentes nos mais belos jardins do mundo, são originárias da Europa. 

Na área medicinal é, também, uma planta muito importante por ser empregada como diurético e estimulante do metabolismo, compondo ainda remédios reguladores de digestão e para tratamento de perturbações gástricas. 


Diversas espécies são cultivadas para decoração por conta de suas flores coloridas e brilhantes. As Centáureas fazem parte de um grupo de flores usadas, por povos antigos em determinados alimentos. Ultimamente as Centáureas vêm sendo utilizadas para a preparação de licores e outras bebidas alcoólicas. 


São flores exuberantes que ficam lindas em um ramo, um arranjo, ou Ikebana, mas o agricultor não as quer no seu campo, pois elas, como ervas daninhas, chupam a água do solo e acabam por ocupar o lugar das flores cultivadas. 


Invadem as culturas e fazem um estrago grande. Um único pé de centáurea ou de papoula pode produzir mais de 50.000 sementes, que podem germinar até 10 anos mais tarde.

Centáurea é nativa essencialmente do Velho mundo.

São conhecidas de forma geral por Centáureas e algumas das espécies são utilizadas como ornamentais em jardins. Essas flores, muito cultivadas para fins ornamentais, presentes nos mais belos jardins do mundo, são originárias da Europa. 


Na área medicinal é, também, uma planta muito importante por ser empregada como diurético e estimulante do metabolismo, compondo ainda remédios reguladores de digestão e para tratamento de perturbações gástricas. 


Diversas espécies são cultivadas para decoração por conta de suas flores coloridas e brilhantes. As Centáureas fazem parte de um grupo de flores usadas, por povos antigos em determinados alimentos. Ultimamente as Centáureas vêm sendo utilizadas para a preparação de licores e outras bebidas alcoólicas. 






http://www.telaglass.com.br/a-centaurea/

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

GLICÍNIAS EM CULTURA BONSAI


Foto: https://www.facebook.com/bonsaikai

Fiquei encantada quando vi esta glicínia em formato de bonsai em um blog do facebook. Eu já amo demais a glicínia, mas nunca a tinha visto como bonsai. Assim sendo, resolvi compartilhar esta beleza transcendental da glicínia que é bela em qualquer formato, qualquer ambiente, etc.etc. e tal.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

OUTRA PAIXÃO: BONSAISMO


17a. EXPOSIÇÃO DE BONSAI CHINESA - http://aidobonsai.com/2012/09/29/meus-trabalhos-em-setembro-de-20121/


ESTE BONSAI DA EXPOSIÇÃO E SEU KUSAMONO -  http://aidobonsai.com/2012/09/29/meus-trabalhos-em-setembro-de-20121/
MAIS UM BONSAI DA MESMA EXPOSIÇÃO

TUIA PLICATA EM: http://aidobonsai.com/2012/09/29/meus-trabalhos-em-setembro-de-20121/



Como sei que os cultuadores de orquídeas também apreciam o bonsaísmo, estou compartilhando estas fotos, uma pequena mostra da 17a. Exposição de Bonsai Chinesa. Quem desejar ver mais fotos (são duzentas) VEJA MAIS

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

PARQUE METROPOLITANO SIMON BOLÍVAR E JARDIM BOTÂNICO DE BOGOTÁ

Molhar o quarto do lírio no jardim Botanical de Bogotá (Jardin Botanico)

Ficheiro:Ceroxylon quindiuense 4.png
Parque Metropolitano Simón Bolívar, Bogotá, Colômbia.


emprea2embogota.blogspot.com.br/2010/04/jardim-botanico.html
emprea2embogota.blogspot.com.br/2010/04/jardim-botanico.html
emprea2embogota.blogspot.com.br/2010/04/jardim-botanico.html
http://alcnolet.blogspot.com.br/2011/03/jardim-botanico-de-bogota-e-seus.html
foto:  elartedeviajarfok.blogspot.com

http://www.vocerealmentesabia.com/2012/09/fantasmas-da-selva-animais-albinos.html

Imagem mostra inseto sendo devorado pela planta carnívora dioneia (Dionaea muscipula) durante feita de plantas no Jardim Botânico de Bogotá, na Colômbia. A imagem foi flagrada pelo fotógrafo William Fernando Martínez.












Bogotá encontra-se localizada no top 9 entre as cidades verdes mais ecológicas que servem de modelo às zonas urbanas de todo o mundo. 

Bogotá tem um dos maiores parques urbanos do mundo, o Parque Metropolitano Simon Bolívar, onde se pode realizar uma grande quantidade de atividades desportivas no meio da natureza, centro de uma área de lazer que inclui o Jardim Botânico de Bogotá, sede de Coldeportes, e recentemente construído, a Biblioteca Virgílio Barco e belas zonas úmidas, onde se pode apreciar a variada e deslumbrante fauna de aves.

O Jardim Botânico de Bogotá, também conhecido como José Celestino Mutis Jardim Botânico, é o maior jardim botânico da Colômbia. Conta com estufas onde as plantas de todas as regiões da Colômbia, a altitude e o clima se exibem.

Entre outras curiosidades, os visitantes podem entrar em contato com a maior flora aquática da Amazônia e a palma de cera, ávore nacional da Colômbia. O parque da propriedade municipal tem uma cascata artificial e laboratórios para o estudo de plantas e flores. Também conta com serviços públicos como uma biblioteca e um posto de informação turística.


http://bogota.costasur.com/ot/natureza.html



domingo, 18 de novembro de 2012

COMO PLANEJAR SEU JARDIM



Paisagismo e jardinagem



Jardinagem e paisagismo com fotos


Paisagismo e jardinagem fontes de água


Paisagismo e jardinagem verde


Cachoeira artificial


Paisagismo e jardinagem cachoeira artificial



Segundo as tendências atuais do paisagismo, um jardim deve reunir características estéticas e funcionais para permitir a integração da casa na paisagem, proporcionar uma área de descanso e lazer junto à natureza, proteger a casa de olhares estranhos, e de fatores climáticos desagradáveis, como ventos frios ou quentes.

LEIA MAIS...


FONTES: http://lojas.shoppingitaberaba.com.br/materiais/dicas/paisagismo/69-como-planejar-seu-jardim

http://sofotos.org/fotos-de-paisagismo-e-jardinagem

FLORESTA NACIONAL DE AÇU-RIO GRANDE DO NORTE


Veados campeiros

Caatinga

Floresta Nacional de Açu (Rio Grande do Norte)
 
Açu >
BR 304 - Área Urbana  -  Assu
Av Senador João Câmara s/Nº - Centro  -  Assu

Superfície
215 hectares.

Bioma
Caatinga

Unidade de uso sustentável.



Com flora e fauna exuberantes, tornou-se refúgio de animais que migram à procura de alimentos encontrados em abundância.
Merecem destaque as espécies de avifauna encontradas na Flona: nambu, asa branca, rolinha, galo de campina, canção e sabiá, assim como variados tipos de répteis: cobras e tejos, além dos mamíferos: peba, preá, veado campeiro e sagüi do nordeste.


Fonte:http://br.viarural.com/servicos/turismo/florestas-nacionais/floresta-nacional-de-acu/default.htm




terça-feira, 13 de novembro de 2012

JARDIM DO PALÁCIO NACIONAL QUELUZ EM PORTUGAL

Adicionar legenda









Este jardim foi mandado construir por D.Pedro III, Príncipe consorte pelo seu casamento com D. Maria I, O Palácio de Queluz foi a residência de veraneio preferida da Família Real na segunda metade do Séc. XVIII. Os jardins, sobre os quais se desenvolvem as principais fachadas do palácio, foram concebidos em íntima relação com o edifício. Desde sempre objeto de grande cuidado, eram, no quotidiano da Corte, local de repouso e lazer e cenário de cerimonias festivas. Atualmente, o espaço exterior é  uma área de cerca de 15 hectares.

Versailles serviu de inspiração para muitos monarcas europeus para construir palácios cheios de esplendor e elegância. Em Espanha temos a Granja de San Ildefonso (Petit Versailles), a Rússia tem o Peterhof, a Áustria o Schönbrunn e em Portugal temos o Palácio de Queluz cuja inspiração não fica só pelo requintado interior mas principalmente pelos jardins de estilo francês.

O espaço que mais faz lembrar Versailles é o Jardim de Neptuno que parte da fachada das Cerimônias. Nele estão os dois mais emblemáticos lagos do Palácio, o de Neptuno e o de Nereida. O primeiro foi criado por Jean-Baptiste Robillion e concluído em 1771.

Á sua volta um conjunto de estátuas em chumbo fundido do escultor inglês John Cheere que representam as quatro estações e outras duas ligadas á mitologia grega e romana, como a de Meleager e Atalanta.

Mais afastado do edificio do Palácio está o Lago de Nereida, a ninfa do mar.

Ao lado está o Jardim de Malta, junto á fachada da Sala do Trono cujo nome está ligado ao facto de D. Pedro III ter sido Grão-Mestre da Ordem de Malta.

Uma outra parte do jardim liga o Pórtico da Fama á Cascata Grande. Pelo o meio podemos encontrar zonas de grande arvoredo, pequenas fontes, a horta dos principes e o lago das conchas.

Outra das curiosidades do jardim é o Canal dos Azulejos, construído para o lazer da familia real que o utilizava para dar pequenos passeios de barco. Sobre ele estava a Casa da Música. 



Nota:
Esta é mais uma das maravilhas de Portugal que fica em Sintra, é por essas e outras maravilhas que sou apaixonada por Sintra embora ainda não tenha tido a oportunidade de conhecê-la. Parabéns aos portugueses que podem estar sempre se deleitando com estas maravilhas.


Os créditos vão para:
 http://hojeconhecemos.blogs.sapo.pt/159666.html

JARDIM BOTÂNICO CHICO MENDES









Thumb
http://www.portalamazonia.com.br


O Horto Municipal de Manaus, implantado em novembro de 1969, foi construído sobre um antigo depósito de lixo, solução encontrada para a recuperação ambiental do local, para onde avançava rapidamente a urbanização da cidade. Transformado em Jardim Botânico Chico Mendes, em julho de 1989, prosseguiram as suas atividades de produção de plantas ornamentais, frutíferas e exóticas, destinadas à arborização e jardinagem da cidade, passando a abrigar a recém criada Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente.

Espalhado em uma área de quase 23 mil m2, o lugar caracteriza-se por um relevo acidentado, que torna seus recantos muito mais peculiares e aprazíveis, marcados pela simplicidade, interagindo satisfatoriamente com públicos de faixas etárias e econômicas variadas. Reformado, ganhou uma nova sede administrativa, um centro de compostagem, uma praça e várias trilhas pavimentadas. Possui, ainda, numerosas espécies madeireiras nobres, como o mogno, o cedro, o pinheiro e o eucalipto. Uma equipe assistida por técnicos e profissionais especializados desenvolve as atividades de plantio, administração e educação ambiental.


O toque mágico à beleza das flores e das plantas, entretanto, é dado pelos bem-te-vis, sanhaçus, beija-flores, sabiás e outras espécies de pássaros, que encantam os visitantes desse acolhedor e aconchegante recanto verde, às portas da Zona Centro-Sul da Cidade. Após total reforma estrutural, concluída em novembro de 2000, voltou a chamar-se Horto Municipal de Manaus, hoje administrado pela atual Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Meio Ambiente. Mais abrangente em seus conceitos e competências, o Horto incorporou novas tendências em cultivo e paisagismo e ganhou as funções de Centro de Educação Ambiental e Centro de Lazer e Entretenimento.



Por suas alamedas, mais de cem espécies vegetais podem ser visitadas: helicônias, orquídeas, bromélias, manacás, flamboyants, no grupo das ornamentais; exemplares frutíferos como o açaí, a acerola, o limão, o cupuaçu, o cacau, a manga, o taperebá, a carambola, o jenipapo, a fruta-pão e o mamão; e, ainda, plantas exóticas, como as alpínias, as espadas de São Jorge, o talo-roxo, crótons, trepadeiras e samambaias.



Horto Municipal de Manaus
Av. André Araújo, s/n Aleixo, Cep 69.060-040 - Manaus, AM
Fone: (92) 663-4220
E-Mail: sedema@pmm.am.gov.br. 


Fonte: Prefeitura Municipal de Manaus
31.12.2005-GC

  

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

VIVEIRO DE BONSAI (bonsai backyard)

Este é um dos seus bonsais de Marcelo, um Junípero rígida, acompanhado de dois kusamonos de micro orquídeas.
http://bonsaiminas.blogspot.com.br/2012/02/viveiro-1-bonsai-backyard.html


Já tiveram a oportunidade de observar um viveiro residencial de bonsai? Este é o de Marcelo ( Médico. Entomologista e bonsaísta amador). Observem o sombrite a 10% no alto. Marcelo cultiva bonsais e orquídeas, entre elas as micro orquídeas com as quais prepara seus kusamonos.
FONTE:
http://bonsaiminas.blogspot.com.br/2012/02/viveiro-1-bonsai-backyard.html

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Zilker Botanical Garden


Cactos na cama centro
JARDIM DE CACTUS E SUCULENTAS

Cactus em flor.  foto por Bob Beyer


JARDIM PRE-HISTÓRICO HARTMAN

Dino and company



Graças à contribuição de doadores importantes, em espécie, presentes, uma unidade de grande fundo voluntário e esforços por Austin área de membros do Conselho de Jardim, este local de dois hectares foi desenvolvido como um habitat Cretáceo.
Plantas no jardim representar os tipos que existiam na época dos dinossauros. Estas são as plantas de esporos produtores (samambaias, cavalinhas e hepáticas), as gimnospermas (coníferas e cicadáceas, ginkgos) e as angiospermas (primeiro magnólias e palmeiras).


JARDIM DE ERVAS

Herb garden



A Austin Herb Society mantém o jardim de ervas no Zilker Jardim Botânico, que está localizado a oeste da entrada principal perto Barton Springs Road. O projeto original de trevo de quatro folhas é composto por canteiros e uma variedade de espécies daculinária, ervas medicinais e ervas da paisagem. A estátua "Rosemary, Deusa das Ervas" foi esculpida por Maria Albrecht e fixado no local outubro de 2000.

Quando você explorar este canto do parque, deixe-se desfrutar de um interlúdio perfumado. Descubra uma variedade de espécimes de ervas, passear ao longo de um percurso natural de granito decomposto, e ver arte original por Claudia Goldman, que tem uma instalação intitulada "featured Cattails". 
Um banco de pedra natural é o local perfeito para descansar e tomar notas.

Isamu Taniguchi Jardim Japonês


Isamu Taniguchi with blooming lotus



Stone Gates

The Gates Stone, dedicada em novembro de 1999, foram um presente da nossa cidade irmã de Oita, no Japão, que simboliza a "amizade duradoura" estabelecido entre nós


Koi

A segunda lagoa, que contém koi numerosos e nossa  própria cultura, também é simbólica. Na concepção dela, o Sr. Taniguchi imaginou um barco, com uma vela, uma prancha e uma âncora e uma corrente. Você pode andar da prancha para o barco. Uma grande Wisteria forma a vela e os trampolins vão levar você para baixo da cadeia e âncora.



Teahouse japonês

A Casa de Chá japonês foi um presente do Texas Ó Coração 'Orchid Society . Uma bela vista do horizonte de Austin pode ser visto de vários pontos do Jardim Taniguchi. As palavras japonesas do lado de fora da casa de chá são RTE-WA-JIN, literalmente que significa "Céu, Harmonia e Homem". No contexto do jardim, as palavras são destinadas a transmitir a mensagem de que o homem existe em harmonia com a natureza. Abaixo da Casa de Chá, as paredes de rocha de retenção foram construídos que conter uma coleção de bambu ornamental diferente. A pedra do favo de mel que reveste as vias de todo o jardim veio da área Travis Lake

MABEL DAVIS ROSE GARDEN


rose garden

Children's Garden


Dino in children's garden


ESPÉCIES DE FLORES DESTE JARDIM

Roxo Larkspur





Pentas











Tropicals


Rudbeckia

Rudbeckia

Orgulho de Barbados

Coneflower roxo
Orgulho de Barbados (Caesalpinia pulcherrima

Coneflower nativa Roxo ( Echinacea purpureaNenúfar


Texas Sábio


Lavandas


Cap bombeiro no fundo


Tarde temporada Hemerocallis (lírios de dia)

Hemerocallis

Oncidium orquídea


Orquídeas Oncídium

Azaléias e glicínias


Azaléias

Plantas Primavera em Flor

Recanto tropical


Árvore Redbud

Redbood com suas flores brotando diretamente do tronco da árvore (floração cauliflory)



TODOS OS CRÉDITOS VÃO PARA:
http://www.zilkergarden.org/